Como usar a antifraude a favor do seu e-commerce

Por Bruna Totaro

Publicado em 02 set 2019

As vendas online crescem cada vez mais. Só no Brasil, já são 930 mil sites de e-commerce, segundo dados da BigData Corp. Com tantos negócios no mundo virtual, a prevenção de fraudes de pagamento ganha importância e se torna uma área estratégica para o comércio. “Não se trata de simplesmente encontrar fraudadores. E, definitivamente, não é uma forma de antivenda”, explica Leandro Garcia, fundador e CEO da 4Axon – Prevenção e Meios de Pagamentos.

Para ajudar você a trabalhar a prevenção à fraude na sua empresa, o especialista dá algumas dicas valiosas:

1- Coloque a prevenção na cultura

“Não adianta falar de prevenção à fraude se a alta direção da empresa não estiver comprometida com o processo”, afirma Leandro. As perdas com fraudes afetam diretamente o resultado P&L (lucros e perdas) da companhia e fazem investidores recuarem. A dica? Fazer a prevenção em todas as camadas.

2- Faça a comunicação

Vai fazer uma grande campanha na mídia? Avise toda a cadeia, do call center à adquirência. “Fale, por exemplo: Rede, vou fazer uma campanha e meu tráfego vai aumentar em 20%. Bata um papo com o banco, alinhe o plano de comunicação com as diferentes áreas e prepare o ambiente de prevenção com antecedência”.

3- Conheça seu cliente

“Muito chargeback chega porque os CPFs são inexistentes, criados em geradores de CPF. Por que não criar na sua lojinha um script para verificar esse tipo de dado logo no início?”, sugere Leandro. “A comunicação com o cliente também é essencial. Negou uma compra? Dê um retorno, mostre que existem outras opções e já trabalhe a retenção do cliente”.

4- Invista em tecnologia

Estruture as informações para fazer prevenção em todas as etapas do negócio. “Entenda o que está acontecendo, o fluxo de controles e validação, peça mais informações da área de tecnologia, tenha os processos em conjunto com meios de pagamento. Seu cliente custou caro para chegar ali, não pode perder”. 

5- Foque no bom cliente

Para finalizar, o executivo afirma que o segredo não é focar em quem frauda, e sim no seu cliente bom. “Se você realmente conhecer bem o seu cliente, o fraudador vai embora e o esforço do antifraude reduz em 50%”.

Solução da Rede

Leandro também comenta sobre uma nova funcionalidade da Rede que é aliada na conversão de vendas do seu negócio: o score do nome portador do cartão. Ele bate o nome de quem fez a compra digital com o nome nas compras da maquininha da Rede e informa se a pontuação daquele perfil é alta ou baixa. A gerente de produtos digitais da Rede, Paula Herculano, explica: “Eu não digo que aquilo é fraude ou não, mas a gente ajuda a discriminar um evento que pode ser de um fraudador”.


        

Como usar a antifraude a favor do seu e-commerce

Por Bruna Totaro

Publicado em 02 set 2019

Seu negócio aceita cartão? Muitos lojistas ficam em dúvida na hora de decidir se devem ou não oferecer essa opção de pagamento. Afinal, quais são as vantagens da máquina de cartão para as vendas? Antes de fazer essa escolha, é preciso prestar muita atenção ao comportamento dos seus clientes.

Hoje os cartões de débito ou crédito são a preferência dos brasileiros para realizar pagamentos, sendo que mais de 70% dos brasileiros optam por esse meio de pagamento em suas compras, segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Pensando nisso, listamos neste artigo as principais vantagens da máquina de cartão para o seu negócio. Quer saber mais? Confira a seguir!

Depois de fazer um bom balanço do ano que se encerra, traçar metas para 2019 exige planejamento e inovação

Depois de fazer um bom balanço do ano que se encerra, traçar metas para 2019 exige planejamento e inovação

Por Bruna Totaro

Publicado em 02 set 2019

Por Bruna Totaro

Publicado em 02 set 2019

Depois de fazer um bom balanço do ano que se encerra, traçar metas para 2019 exige planejamento e inovação

As vendas online crescem cada vez mais. Só no Brasil, já são 930 mil sites de e-commerce, segundo dados da BigData Corp. Com tantos negócios no mundo virtual, a prevenção de fraudes de pagamento ganha importância e se torna uma área estratégica para o comércio. “Não se trata de simplesmente encontrar fraudadores. E, definitivamente, não é uma forma de antivenda”, explica Leandro Garcia, fundador e CEO da 4Axon – Prevenção e Meios de Pagamentos.

Para ajudar você a trabalhar a prevenção à fraude na sua empresa, o especialista dá algumas dicas valiosas:

As vendas online crescem cada vez mais. Só no Brasil, já são 930 mil sites de e-commerce, segundo dados da BigData Corp. Com tantos negócios no mundo virtual, a prevenção de fraudes de pagamento ganha importância e se torna uma área estratégica para o comércio. “Não se trata de simplesmente encontrar fraudadores. E, definitivamente, não é uma forma de antivenda”, explica Leandro Garcia, fundador e CEO da 4Axon – Prevenção e Meios de Pagamentos.

Para ajudar você a trabalhar a prevenção à fraude na sua empresa, o especialista dá algumas dicas valiosas:

1- Coloque a prevenção na cultura

“Não adianta falar de prevenção à fraude se a alta direção da empresa não estiver comprometida com o processo”, afirma Leandro. As perdas com fraudes afetam diretamente o resultado P&L (lucros e perdas) da companhia e fazem investidores recuarem. A dica? Fazer a prevenção em todas as camadas.

2- Faça a comunicação

Vai fazer uma grande campanha na mídia? Avise toda a cadeia, do call center à adquirência. “Fale, por exemplo: Rede, vou fazer uma campanha e meu tráfego vai aumentar em 20%. Bata um papo com o banco, alinhe o plano de comunicação com as diferentes áreas e prepare o ambiente de prevenção com antecedência”.

3- Conheça seu cliente

“Muito chargeback chega porque os CPFs são inexistentes, criados em geradores de CPF. Por que não criar na sua lojinha um script para verificar esse tipo de dado logo no início?”, sugere Leandro. “A comunicação com o cliente também é essencial. Negou uma compra? Dê um retorno, mostre que existem outras opções e já trabalhe a retenção do cliente”.

4- Invista em tecnologia

Estruture as informações para fazer prevenção em todas as etapas do negócio. “Entenda o que está acontecendo, o fluxo de controles e validação, peça mais informações da área de tecnologia, tenha os processos em conjunto com meios de pagamento. Seu cliente custou caro para chegar ali, não pode perder”. 

5- Foque no bom cliente

Para finalizar, o executivo afirma que o segredo não é focar em quem frauda, e sim no seu cliente bom. “Se você realmente conhecer bem o seu cliente, o fraudador vai embora e o esforço do antifraude reduz em 50%”.

Solução da Rede

Leandro também comenta sobre uma nova funcionalidade da Rede que é aliada na conversão de vendas do seu negócio: o score do nome portador do cartão. Ele bate o nome de quem fez a compra digital com o nome nas compras da maquininha da Rede e informa se a pontuação daquele perfil é alta ou baixa. A gerente de produtos digitais da Rede, Paula Herculano, explica: “Eu não digo que aquilo é fraude ou não, mas a gente ajuda a discriminar um evento que pode ser de um fraudador”.


 

Saiba qual diversidade tem ganhado espaço

Mãos unidas: trabalho em equipe

Promover a diversidade é meta da maioria das empresas que estão sintonizadas com as aspirações da sociedade atual...

Empreendedora aposta em setor inovador

Raquel Molina foi eleita a empreendedora do ano na feira de drones DroneShow

Raquel Molina era ainda uma criança quando ganhou o primeiro computador de seu avô, que aprendia sozinho a mexer na máquina...

Mulheres dão a força ao empreendedorismo

Mulher empreendedora no balcão de loja

Qual é o momento certo para investir em vendas online? Quando você vê a necessidade disso...

Saiba qual diversidade tem ganhado espaço

Mãos unidas: trabalho em equipe

Promover a diversidade é meta da maioria das empresas que estão sintonizadas com as aspirações da sociedade atual...

Empreendedora aposta em setor inovador

Raquel Molina foi eleita a empreendedora do ano na feira de drones DroneShow

Raquel Molina era ainda uma criança quando ganhou o primeiro computador de seu avô, que aprendia sozinho a mexer na máquina...

Mulheres dão a força ao empreendedorismo

Mulher empreendedora no balcão de loja

Qual é o momento certo para investir em vendas online? Quando você vê a necessidade disso...