Bate-papo com iFood: dicas para o delivery e como o setor tem se comportado durante a pandemia

Veja o que mudou nos hábitos dos consumidores e qual a tendência dos serviços de entrega no pós-pandemia.

Por Natalia Antunes

Publicado em 10 jun 2020

homem usando máscara e segurando sacola de compras
homem usando máscara e segurando sacola de compras

Dando sequência aos nossos conteúdos criados especialmente para os empreendedores superarem os desafios que o varejo vem enfrentando durante a crise da Covid-19, a Rede convidou Diego Barreto, CFO e vice-presidente de estratégia do iFood, para um bate-papo sobre o serviço de delivery nos meses de pandemia, para ajudar a orientar todos que trabalham ou tem interação com esse ramo de atividade. Confira os principais destaques desse papo.

Mudança de comportamento do consumidor

Neste momento em que a casa das pessoas também foi transformada em seu espaço de trabalho, escola, entre outros, o brasileiro está descobrindo vários hábitos que até então não eram comuns no delivery, buscando praticidade e migrando para pedidos de comida mais casual.

Uma das principais mudanças de comportamento foi o aumento expressivo de pedidos de comida para refeições como o café da manhã e o lanche da tarde. Mesmo sendo uma oferta que sempre existiu, as pessoas geralmente faziam essas refeições com algo prático que tinham em casa ou então em uma padaria ou no próprio local de trabalho. Mas, com o aumento da quantidade de refeições em casa e a impossibilidade de comer fora, surgiu um aumento por este tipo de demanda.

No entanto, a grande descoberta do brasileiro durante este período foi o supermercado online. Antes da pandemia, muitos países, como o Brasil, ainda não faziam compras maiores por aplicativos de entrega, mas, com a necessidade, o brasileiro quebrou algumas barreiras e criou uma tendência que deve permanecer.

O que é preciso para montar uma operação de delivery

Atualmente, o Brasil é um dos países com as maiores taxas de adoção do smartphone e de aplicativos de rede social, além de possuir um crescimento expressivo em e-commerce em relação ao resto do mundo. Portanto, em primeiro lugar, é preciso que o empreendedor tenha flexibilidade para aceitar o novo, se abrindo às novas oportunidades que mundo digital tem a oferecer e aprendendo a se relacionar com seus clientes online.

No paralelo, é necessário estudar todas as possibilidades desse novo mercado e se atualizar. Use a internet a seu favor e procure vídeos, cursos, e-books, matérias e o que mais encontrar sobre marketing digital. Busque também por conteúdos sobre como montar seu delivery, quais as melhores plataformas, média de custos, entre outros. É por meio do conhecimento que você conseguirá tomar as melhores decisões para o seu negócio.

Por último, é necessário entender melhor quem é o seu cliente. Com a ausência do contato físico, a identificação de padrões como média de gastos, produtos com maior demanda, entre outros, podem te ajudar a traçar as melhores estratégias para vendas futuras e para fidelizar seus clientes. Um bom atendimento também é essencial.

Consumo do delivery nos restaurantes pós-pandemia

É previsto que, embora haja uma leve queda na quantidade de pedidos por entrega uma vez que não houver mais quarentena, agora existe uma nova tendência de pedidos por delivery, que veio para ficar.

Por se tratar de um comportamento intensificado durante os meses de distanciamento social, pessoas que são consideradas grupo de risco, independentemente do momento, seguirão fazendo uso deste canal de vendas.

Além disso, com a quarentena, outros dois grupos apresentaram um crescimento expressivo nos pedidos por entregas: pessoa mais velhas que não faziam compras pela falta de conhecimento ou de experiência, mas que agora aprenderam, se adaptaram e provavelmente deverão continuar utilizando o serviço, assim como os recém adultos, jovens ainda menores de idade que aceleraram seu contato com esse tipo de serviço.

Assim como o comportamento do público, os estabelecimentos também mudaram e evoluíram para se adaptar à crescente demanda de pedidos por entrega. Passaram a prestar um serviço melhor, com embalagens de maior qualidade, mais atenção ao atendimento online, mais treinamento e apoio aos entregadores, que por sua vez também se esforçam mais para manter sua fonte de renda. Sendo assim, a experiência com pedidos online também deixa seu legado positivo.

Como evitar fraudes no ambiente digital

Diariamente, fraudadores procuram brechas no mundo online, e não é diferente para os serviços de delivery. Para evitar que o seu caixa não seja prejudicado, é necessário tomar muito cuidado. 

Caso você vá se filiar a algum app de entrega, busque informar-se sobre as medidas que a empresa adota para prevenção de fraudes e se você estaria coberto no caso de uma possível ocorrência contra o seu estabelecimento. Inclusive, este serviço antifraude faz parte da comissão cobrada pelos apps.

Caso você queira seguir de maneira independente com o seu negócio, estude e conheça bastante sobre todas as áreas de gerenciamento de fraudes online.

Economia colaborativa no novo normal

A economia colaborativa cresce aceleradamente por uma série de vantagens que esse novo formato apresenta. A cada dia temos mais pessoas na internet, o que torna ainda mais fácil a conexão em rede e as oportunidades que surgem por meio disso.

Em períodos de digitalização acelerada, como este que estamos vivendo, a economia colaborativa apresenta mais uma vez suas vantagens e serve como opção para manutenção ou incremento de renda. Que tal pesquisar novos modelos para se inspirar e procurar parcerias para transformar o seu negócio?

Veja uma ideia que pode te inspirar: que tal se unir a outros dois ou três restaurantes, que também operam com serviços por entrega, alugar uma cozinha em conjunto e revezar os horários de uso? Se forem restaurantes que servem tipos de comida para ocasiões diferentes, melhor ainda! Um com refeições para o café da manhã ou lanche da tarde, outro para o almoço, um terceiro para o jantar, entre outras opções.

Novas formas de pagamento

Com as medidas de isolamento social e crescimento do e-commerce, é natural que os pagamentos online tenham um crescimento expressivo. Porém, essa tendência de novos tipos de pagamentos deve se manter após o final da quarentena, mesmo com os salões abertos.

Como já comentamos, os pedidos online não devem reduzir tanto em proporção. O que deve mudar pós-pandemia é que os clientes estarão mais exigentes e atentos às medidas de saúde nos estabelecimentos físicos. E isso se também se aplica na hora de pagar a conta.

Pense em formas de pagamento à distância, com maquininhas que aceitam pagamento de cartões com NFC, além do Google e Apple Pay. Uma outra alternativa que pode ser analisada é a implantação de pagamento por aplicativo. E, se quiser ir além, por que não analisar uma forma de envio do cardápio do seu restaurante de forma digital, para que o cliente possa consultar pelo celular dele?

Assim, além de pensar em novas medidas de interação com o menor contato possível, você também fornece mais segurança e conforto ao seu cliente.

Parceria Rede e iFood

Para minimizar os efeitos da crise causada pela pandemia do coronavírus, a Rede e o Itaú, em parceria com o iFood, fecharam uma parceria para dar apoio aos bares e restaurantes neste momento. A parceria viabilizou a antecipação do repasse das vendas feitas pelo aplicativo em até sete dias para os donos dos estabelecimentos, que antes recebiam em apenas trinta dias. O objetivo é garantir fluxo de recursos para os empreendedores e reduzir os efeitos da queda no faturamento. 

Anunciado em abril, o benefício que estava previsto para durar 2 mês será estendido para junho. O lojista que quiser reduzir o prazo precisa formalizar o pedido pelo Portal do Parceiro iFood.

Quer saber ainda mais? Assista ao nosso bate-papo com Diego Barreto a hora que quiser em nosso IGTV e siga acompanhando a Rede em nosso portal e nas redes sociais.

Como se preparar para abrir um restaurante? 7 dicas

Homem conversando na mesa da sua loja

Além de coragem e persistência você precisará se atentar a outras questões para...

O empreendedor que transformou a paixão por carro em negócio

Homem conversando na mesa da sua loja

Conheça a história de empreendedorismo de Valdenir Macca, de um sonho que...

5 dicas valiosas de mulheres empreendedoras

mulheres falando sobre suas experiências para uma plateia

Empreendedoras compartilham com a Rede as oportunidades que enxergaram para...

Mulheres dão a força ao empreendedorismo

Mulher empreendedora no balcão de loja

Qual é o momento certo para investir em vendas online? Quando você vê a...

Como abrir um MEI?

Empreendedor em seu estabelecimento consultando seu tablet

A praticidade de ser microempreendedor individual já começa no processo de...

Como a criatividade virou um negócio

Mulher conversando em seu ateliê

Conheça a história da artesã Wania Catoia e veja como a criatividade, um toque de...

Empreendedora aposta em setor inovador

Raquel Molina foi eleita a empreendedora do ano na feira de drones DroneShow

Raquel Molina era ainda uma criança quando ganhou o primeiro computador de...

20 frases para inspirar você a empreender

Mão segurando uma lâmpada

Conheça algumas frases inspiradoras e dicas de sucesso de pessoas empreendedoras...

Gosto por hambúrguer vira negócio

Conheça a história do Hermann

Hermann não se imaginava dono de uma hamburgueria, mas a vontade de...

Saiba qual diversidade tem ganhado espaço

Mãos unidas: trabalho em equipe

Promover a diversidade é meta da maioria das empresas que estão sintonizadas com...

O empreendedor que transformou a paixão por carro em negócio

Homem conversando na mesa da sua loja

Conheça a história de empreendedorismo de Valdenir Macca, de um sonho que começou...

Como abrir um MEI?

Empreendedor em seu estabelecimento consultando seu tablet

A praticidade de ser microempreendedor individual já começa no processo de abertura...

Como a criatividade virou um negócio

Mulher conversando em seu ateliê

Conheça a história da artesã Wania Catoia e veja como a criatividade, um toque de coragem e as novas condições da Rede...

20 frases para inspirar você a empreender

Mão segurando uma lâmpada

Conheça algumas frases inspiradoras e dicas de sucesso de pessoas empreendedoras que alcançaram seus objetivos e fizeram a diferença 

Gosto por hambúrguer vira negócio

Conheça a história do Hermann

Hermann não se imaginava dono de uma hamburgueria, mas a vontade de empreender falou mais alto; conheça sua história e as novas condições da Rede para empreendedores

5 dicas valiosas de mulheres empreendedoras

mulheres falando sobre suas experiências para uma plateia

Empreendedoras compartilham com a Rede as oportunidades que enxergaram para empreender e mostram dicas práticas para seguir em busca do sucesso

Saiba qual diversidade tem ganhado espaço

Mãos unidas: trabalho em equipe

Promover a diversidade é meta da maioria das empresas que estão sintonizadas com as aspirações da sociedade atual...

Empreendedora aposta em setor inovador

Raquel Molina foi eleita a empreendedora do ano na feira de drones DroneShow

Raquel Molina era ainda uma criança quando ganhou o primeiro computador de seu avô, que aprendia sozinho a mexer na máquina...

Mulheres dão a força ao empreendedorismo

Mulher empreendedora no balcão de loja

Qual é o momento certo para investir em vendas online? Quando você vê a necessidade disso...